A Polícia Civil prendeu um casal suspeito de ter vendido a própria filha, uma menina de 11 anos, em troca de três garrafas de cerveja. O caso ocorreu em Pinheiros, no interior do Maranhão.

 

 

Depois de ter sido vendida, a menina conseguiu fugir da casa de seu "comprador". Conforme a investigação, ela teria ido até a residência de seus pais, que teriam se negado a recebê-la de volta.

Isso porque, segundo eles, ficariam mal falados por a menina não mais ser virgem.

Os pais da menina foram presos, assim como o homem que a "comprou". Os três responderão por estupro de vulnerável. Já a vítima ficou sob os cuidados do Conselho Tutelar.

Com informações da Isto É