Um casal foi condenado a quase 40 anos de prisão por matar um idoso a tiros para roubar sua caminhonete, em Joinville.

O crime ocorreu nas proximidades do Parque São Francisco, no bairro Adhemar Garcia, em fevereiro de 2022.

 

 

A sentença é do juiz Felippi Ambrosio, da 2ª Vara Criminal da comarca de Joinville. O homem recebeu a pena de 23 anos e 11 meses e a mulher de 15 anos e meio.

A vítima, Vilson Zielinski, de 79 anos, foi morta a tiros em frente ao seu estabelecimento comercial. O idoso estava vigiando o local para evitar furtos da fiação elétrica.

Toda a ação, ocorrida durante a madrugada, foi registrada por câmeras de segurança, e, alguns dias depois, o casal acabou sendo localizado, em uma blitz policial, com o veículo e a arma utilizados no dia do crime.

“Diante da apreensão da arma de fogo, restou constatada a compatibilidade entre o revólver calibre 38 apreendido na ocasião da blitz policial com os projeteis extraídos durante a necropsia da vítima, havendo, portanto, vínculo entre os eventos. E ainda, não é sustentada a tese da acusada quanto ao desconhecimento, porquanto, segundo contundente relato policial, o homem estava portando visivelmente o revólver entre sua perna e o banco do carona, não sendo crível que a acusada, a qual mantinha confessada relação afetiva com o acusado no período, desconhecesse tal fato”, ressalta Ambrosio.