Casal de Jaraguá do Sul vítima de duplo homicídio estava escondido no litoral

Foto: Cardoso Notícias/Reprodução Redes Sociais

Por: Claudio Costa

17/03/2023 - 15:03 - Atualizada em: 17/03/2023 - 18:34

Após a repercussão da execução a tiros de um casal de Jaraguá do Sul em São Francisco do Sul, esta semana, a reportagem do OCP buscou mais informações sobre o que pode ter levado a esse duplo homicídio.

Segundo fontes na polícia, Daniel Franco Marques, de 22 anos, e Thais de Souza, de 28, estavam escondidos na casa da mãe de Thais, na rua Dinamarca, na Praia do Ervino, local onde ocorreu o crime no fim da noite de quarta-feira (15).

Thais foi presa por tráfico de drogas em abril de 2021, em Jaraguá do Sul.

Depois de passar por presídios em Itajaí e Joinville, ela ficou em liberdade vigiada em novembro do ano passado.

Porém, no dia 2 de janeiro deste ano, ela quebrou as medidas de monitoramento por tornozeleira eletrônica.

Daniel também tinha passagens criminais e era natural de São José dos Pinhais, no Paraná. Thais nasceu em Pariquera-Açu, em São Paulo.

Os dois exibiam fotos nas redes sociais fazendo o sinal com três dedos.

Esse é um dos símbolos do PCC (Primeiro Comando da Capital) e identifica os membros da organização criminosa.

O casal morava em Jaraguá do Sul e já estava há alguns dias no Litoral.

Uma testemunha informou que Thais já havia sido ameaçado por criminosos.

Na noite de quinta, um grupo com cinco bandidos armados arrombou a porta da casa e rendeu a mãe da vítima.

Em seguida, Thais e Daniel foram colocados em um sofá e executados com vários tiros disparados pelos executores.

O homem morreu no local e a mulher encaminhada pelos bombeiros para o hospital.

Porém, ela foi a óbito durante o atendimento médico.

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar a autoria do duplo homicídio.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito , ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança

 

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.