Um casal com quatro filhos tenta se reerguer após perder quase tudo em um incêndio na tarde de sábado (10), no bairro Chico de Paulo, em Jaraguá do Sul. O fogo destruiu a residência onde a família morava na rua Francisco Hempckemair. A moradora Rafaela Boettger, 31 anos, conta que o fogo começou com o curto-circuito no carregador do celular, que estava na tomada no quarto onde os filhos dormem. "Quando minha filha viu, já tava pegando fogo em cima da cama, onde estava carregando o celular. Ali jogamos água, desliguei o celular da tomada, mas atingiu a base da cama e parte do colchão. Quando vimos já estava na parte do teto o fogo". "Não deu para salvar quase nada" No momento do incêndio, Rafaela estava com os filhos em casa. O marido estava trabalhando. Ela disse que saiu correndo levando os filhos e conseguiu salvar somente os documentos, um botijão de gás e uma cômoda. Vizinhos chamaram os bombeiros voluntários, mas a residência já estava totalmente em chamas quando as guarnições chegaram ao local da ocorrência. LEIA MAIS: - Incêndio destrói residência em Jaraguá do Sul Nove mil litros de água foram usados pelos bombeiros para apagar o incêndio, que destruiu completamente a residência mista de aproximadamente 50 metros quadrados e parte do telhado da casa ao lado. A família informou que morava há cerca de um ano no imóvel alugado. A reportagem não conseguiu o contato do proprietário da casa.
Incêndio destruiu também parte do telhado da casa ao lado | Foto Fábio Junkes/OCP
Família está abrigada na casa de parentes Neste momento, Rafaela, o marido e as quatro crianças - dois meninos e duas meninas - estão morando em um rancho nos fundos da casa do sogro na rua Elpídio Rodrigues, no bairro Tifa Martins. Natural de Jaraguá do Sul, Rafaela disse à reportagem que começa a trabalhar como auxiliar de cozinha na Zanotti Elásticos nesta segunda-feira. O marido, Rodrigo Girardi, 33 anos, trabalha como pesador químico na AJ Têxtil. Ele é de São Francisco do Sul, mas já mora na cidade há 19 anos. Como ajudar a família A família afirmou que recebeu ajuda de algumas pessoas. "Meu marido recebeu pagamento na quinta-feira, pagamos luz, água, etc, mas o resto perdemos tudo. Precisamos alimentos, travesseiros, cobertas, fogão, pia, guarda-roupa", disse Rafaela. Para o adolescente de 16 anos e as três crianças - menino de cinco anos e meninas de quatro e 11 anos - ela já conseguiu bastante peças de roupa, mas falta para o casal. Rafaela precisa de calça 40, blusa M ou G, calçado 38 e Rodrigo necessita de calça 44, camisa G, calçado 42. Os filhos do casal estudam na escola Maria Nilda e perderam todos os materiais escolares no incêndio. As doações podem ser entregues na rua Elpídio Rodrigues, nº 172, próximo à escola Maria Nilda Salai Stähelin, no bairro Tifa Martins. Contato da família: (47) 9.9708-4790 ou 9.9702-2680. Quer receber as notícias do OCP Online no WhatsApp? Basta clicar aqui