Fotos: Divulgação Jaraguá do Sul está prestes a dar mais um importante passo rumo à excelência na assistência em saúde pública. A partir de abril, o Hospital São José, referência em atendimento de pacientes para as regiões Norte e Planalto Norte catarinense, passa a contar com uma casa preparada para receber acompanhantes de pacientes da unidade que não têm condições financeiras para bancar os custos de hospedagem durante o tratamento. A Casa São José oferecerá acolhimento e assistência, de forma gratuita, aos acompanhantes de pacientes internados na UTI do Hospital São José, bem como àqueles em situação de revezamento de pacientes internados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e que necessitam de permanência próxima ao hospital. A iniciativa, inovadora na região, é fruto de uma mobilização feita pela Comissão de Voluntários do hospital, que buscou referência no Oeste de Santa Catarina e também em casas com essa finalidade no estado do Paraná. “Fomos a Xanxerê e a Campo Largo conhecer casas como essa e lá, funcionam muito bem. Trouxemos o modelo para cá. Pois nosso hospital está crescendo, e cada vez mais, recebendo pessoas de outras cidades do Estado”, comenta o voluntário e integrante da Comissão, Joe Gieseler. casa 2 A casa fica na Rua Guilherme Weege, número 114, no Centro. A residência foi cedida pela família do empresário Pedro Donini. Já os utensílios domésticos foram doados pela rede Havan. O local conta com 24 leitos, sendo 16 femininos e oito masculinos. A comissão deseja que o formato implantado em Jaraguá do Sul seja exemplo de acolhimento e dignidade com o próximo em outras regiões catarinenses, multiplicando o propósito da Casa São José em outras comunidades do Estado.