A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu em São João Batista um homem, de 34 anos, natural de São Paulo, foragido desde 2015 da Bahia. A prisão ocorreu ontem.

Segundo a Polícia Civil, ele é suspeito de liderar uma quadrilha que aterrorizou a região Oeste da Bahia, entre 2012 e 2013, cometendo vários assaltos a bancos na modalidade conhecida como “Novo Cangaço”, quando vários criminosos atacam, normalmente pequenas cidades, coagindo as forças policiais e moradores enquanto roubam uma ou mais agências bancárias, como ocorreu em Criciúma no final do ano passado.

Investigação

Depois de se esconder em São Paulo, há três anos estava vivendo na cidade catarinense, onde foi preso pela equipe da Delegacia de Roubos e Antissequestro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), que agora continuará apurando se ele tem envolvimento em algum crime em Santa Catarina.

Condenações

O preso ainda tem mais de 30 anos de prisão para cumprir por diversos crimes, além dos roubos a bancos, por homicídios e tráfico de drogas. Ele será encaminhado ao sistema prisional da Bahia para continuar cumprindo a pena.