Capacitação integra servidores das áreas de inteligência das Forças de Segurança de SC e do Ministério Público Federal

Foto: Secom/Divulgação

Por: Claudio Costa

31/05/2024 - 06:05 - Atualizada em: 31/05/2024 - 06:20

A integração entre as Forças de Segurança com outros órgãos é uma dos diretrizes do Governo de Santa Catarina para melhorar ainda mais a condição catarinense de estado mais seguro do País.

Neste sentido, uma medida assinada este ano entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e o Ministério Público Federal em Santa Catarina (MPF) começou a ser desenvolvida e aprimorada na prática.

Nesta quarta-feira (29), servidores do MPF em SC, a SSP e as Forças de Segurança — Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Científica — realizaram uma capacitação de inteligência em ferramentas como o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp). Os trabalhos aconteceram na sede da SSP, em Florianópolis.

Para o MPF em SC, a cooperação técnica firmada é uma parceria estratégica que trará resultados positivos internos e externos para Santa Catarina como e até outros estados.

“O Sisp é uma ferramenta que tem informações relevantíssimas na área de segurança pública no Estado e que permite que o MPF tenha acesso para atendimento das necessidades dos membros aqui em SC e também de membros do MPF de outros Estados da federação”, afirma o analista e assessor chefe da Assessoria de Pesquisa e Análise Descentralizada da Procuradoria da República em Santa Catarina, Felipe Rhenius Nitzke.

Entre os serviços que podem ser alcançados, cita o assessor chefe, estão, por exemplo, levantamentos para localização de réus em ações penais, cumprimento de sentenças criminais ou cíveis e ações não só de combate ao crime mas também em outras áreas como ambiental, defesa do direito do cidadão e minorias.

“Essa colaboração permite uma atuação mais integrada e facilitada pela integração do sistema utilizado por ambas as instituições. Podemos dizer que com isso tudo é possível aprimorar a prevenção e a repressão ao crime e essa parceria também fortalece muito a confiança e a transparência entre as instituições, o que acaba tendo benefício para toda a sociedade catarinense”, destaca o coordenador do Sisp, o sargento da Polícia Militar de SC, Armando Quadros da Silva Neto.

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.