Caos no RJ: incêndios criminosos destroem ônibus em represália à morte de miliciano

Foto: GloboNews/Reprodução

Por: OCP News Criciúma

23/10/2023 - 19:10 - Atualizada em: 23/10/2023 - 19:19

A Zona Oeste do Rio de Janeiro enfrenta uma onda de incêndios criminosos, com quase 20 pontos de fogo relatados durante a tarde desta segunda-feira (23). Pelo menos 17 ônibus foram incendiados na região, e há relatos de outros veículos queimados e vias interditadas. Acredita-se que esses incêndios sejam uma retaliação à morte de Matheus da Silva Rezende, também conhecido como Teteu e Faustão, que era sobrinho do miliciano Zinho. Ele foi morto em um confronto com a Polícia Civil na comunidade Três Pontes, na Zona Oeste do Rio.

O primeiro ônibus que foi incendiado estava na Rua Felipe Cardoso, próximo ao BRT Cajueiros, em Santa Cruz, conforme informou o Centro de Operações Rio (COR-Rio). Os Bombeiros relatam que mais de 15 pontos de incêndio ocorreram na cidade, gerando uma situação caótica.

De acordo com a empresa Rio Ônibus, até o momento, 15 coletivos foram incendiados. Destes, sete pertenciam ao município do Rio de Janeiro, e os demais eram ônibus BRT e veículos fretados. A ação criminosa impactou os bairros de Guaratiba, Inhoaíba, Paciência, Cosmos, Santa Cruz e Magarça, segundo as autoridades municipais.

A morte de Matheus da Silva Rezende, supostamente envolvido com milícias, desencadeou uma série de ataques incendiários, aumentando a tensão na Zona Oeste do Rio de Janeiro. As autoridades estão mobilizadas para controlar a situação e investigar os responsáveis pelos incêndios e pelas ações violentas na região.