Na tarde desta terça-feira, a guarnição do Canil da Polícia Militar de Criciúma, com intuito de coibir o tráfico de drogas na região dos trilhos, no bairro Tereza Cristina, realizou averiguações em quatro residências abandonadas, locais utilizados para o comércio de ilícitos, onde há grande circulação de usuários, segundo a PM.

Em uma das residências, local conhecido como “Beco do Holofote”, o cão Jäger indicou, em um tijolo, a possível presença de entorpecentes, sendo localizados 30 invólucros de crack e R$ 16,40.

Já o cão Flecha, ao verificar os terrenos baldios próximos das residências, indicou, no meio de entulhos, a presença de uma arma de fogo artesanal, de calibre .22 (provavelmente), de cor preta, desmuniciada.

O material apreendido foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. Ninguém foi preso.