O caminhoneiro Ernesto Riegel, de 64 anos, que sofreu um acidente na BR-280, em Guaramirim, não resistiu a uma parada cardíaca e morreu no hospital São José, em Jaraguá do Sul, às 19h15 desta segunda-feira (1º).

O acidente foi registrado pelos bombeiros voluntários nesta manhã, por volta das 6h22, no bairro Escolinha.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o caminhão estava se deslocando no sentido Araquari, quando um carro de passeio, que vinha no sentido oposto, invadiu a pista contrária (por motivos ainda não esclarecidos), ocasionando o acidente.

O caminhoneiro tentou parar o veículo para evitar a colisão, mas não conseguiu e acabou saindo da pista e batendo contra uma árvore.

Ainda conforme os bombeiros, o motor do veículo chegou a pegar fogo, mas o incêndio foi controlado pela guarnição. O caminhão transportava diesel, mas não houve vazamento de combustível. O ocupante do carro, de 30 anos de idade, assinou recusa de atendimento.

Quadro de saúde do caminhoneiro piorou no hospital

O idoso, que estava preso às ferragens do caminhão, foi resgatado pelos bombeiros voluntários e transportado ao hospital, com dores na região pélvica e nas pernas. No momento do socorro, o estado de saúde dele era considerado estável.

Segundo informações do sobrinho da vítima, José Carlos, o caminhoneiro sofreu fratura na região da bacia e seu estado de saúde piorou, ficando em coma induzido.

Ernesto teve uma parada cardíaca na unidade hospitalar e acabou não resistindo à gravidade da situação.

Vítima morava em Massaranduba

Riegel, mais conhecido como "Neque", era morador da rua Braço Campinas, em Massaranduba, e costumava fazer o serviço de transporte de óleo do porto de Itajaí. Católico fervoroso, ele era devoto de Nossa Senhora Aparecida.

José disse que o tio esteve com ele no pior momento de sua vida. "Quando todos se afastaram, ele estendeu a mão pra mim. Sem palavras para dizer quanto estou triste nesse momento. Coração despedaçado, mas vou guardar todas as lembranças boas em meu coração", disse o sobrinho.

Ernesto deixa enlutados a mulher, três filhos, três noras, seis netos, um irmão, cunhados, cunhadas, demais parentes e amigos. O sepultamento será realizado nesta terça-feira (2), às 16h, saindo o féretro da localidade Benjamin Contant para o cemitério.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger