Foto: Eduardo Montecino/OCP Reportagem de Dyovana Koiwaski para o jornal O Correio do Povo Nos próximos dias, a diretoria de Trânsito do município deve concluir a instalação de 20 placas que sinalizam a fiscalização por câmeras em Jaraguá do Sul. A ação cumpre uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que permite a autuação de infratores por meio das imagens desde que os pontos estejam devidamente sinalizados. A Polícia Militar deve divulgar nos próximos dias quando o monitoramento passa a valer. Na primeira etapa, apenas 20 das 60 câmeras que estão instaladas na cidade serão acompanhadas pelos agentes de trânsito, podendo resultar em multas para os motoristas que cometerem alguma irregularidade. De acordo com o capitão do 14° Batalhão de Polícia Militar, Antônio Benda Rocha, as placas com os dizeres “Via com videomonitoramento”, serão colocadas nas áreas centrais do município, como na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, Getúlio Vargas e Rua Epitácio Pessoa. Posteriormente, todas as câmeras devem ser sinalizadas. A fabricação e instalação do material, conforme o diretor de Trânsito da Prefeitura, Irio Riegel, recebeu o investimento de R$ 3 mil. As placas serão brancas com contornos pretos. Capturar Rocha destaca que apenas os agentes de trânsito poderão efetuar as autuações. Os policiais da Central de Emergência serão capacitados para o serviço. De 15 a 20 pessoas se revezam no setor diariamente. “O registro tem que ser feito no momento que foi flagrado pelas câmeras, sem poder ser gravado e notificado nos dias seguintes. A infração e forma com que foi verificada devem constar no campo de ‘observações’ também”, explica. Monitoramento para diminuir infrações Para o capitão da Polícia Militar, a medida vai promover um trânsito mais seguro no município, com ações de prevenção e fiscalização. “É por meio desse acompanhamento que conseguimos identificar as irregularidades e comportamentos inadequados nas vias, que geram acidentes com frequência”, aponta Benda Rocha.
Simone considera positiva a medida, em especial nas ruas centrais, onde o trânsito é mais rápido e confuso. |Foto Eduardo Montecino
Simone considera positiva a medida, em especial nas ruas centrais, onde o trânsito é mais rápido e confuso. |Foto Eduardo Montecino
A vendedora Simone Leitenpergher concorda com a intensificação do controle de trânsito, principalmente nas ruas estruturais, onde o fluxo de veículos é mais intenso e rápido. “Mesmo dirigindo conforme as normas, precisamos ficar atentos aos outros motoristas, que muitas vezes fazem manobras perigosas e erradas”, comenta. O microempresário Luciano dos Santos considera que todos os motoristas devem trafegar cumprindo o Código de Trânsito Brasileiro. “O videomonitoramento é mais uma forma de garantir a nossa segurança”, avalia Santos.