A Polícia Militar de Santa Catarina vai implementar um novo sistema em Florianópolis, capital do estado, que utilizará câmeras de segurança nas pontes que ligam a ilha ao continente para identificar foragidos da Justiça.

O sistema utilizará de inteligência artificial para identificar, em tempo real, foragidos que apareçam nas imagens capturadas pelas câmeras de monitoramento nas pontes Hercílio Luz, Colombo Salles e Pedro Ivo Campos.

“O sistema vai monitorar os veículos que entram através de reconhecimento facial dos integrantes”, informou o comandante da PMSC, coronel Dionei Tonet.

As placas dos veículos também serão lidas e conferidas em uma base de dados que a Polícia Militar já tem acesso.

A nova ferramenta já está sendo implementada. Ainda faltam componentes necessários para colocar o projeto em prática. A estimativa do comando é de que o sistema entre em operação em até 120 dias.

Segundo a PM, os alvos da nova ferramenta são os criminosos. “Não tem objetivo de fiscalização e multas”, ressalta o coronel Tonet.