Os vereadores de Criciúma aprovaram por unanimidade na Sessão Ordinária deste segunda-feira uma Moção de Aplauso ao Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Militar de Santa Catarina. O autor foi o 1º suplente do Partido Liberal (PL), Edivânio Manenti, protocolado enquanto assumiu uma cadeira na Casa.

 

Na Moção, Manenti cita que a honraria se dá pela eficaz operação de negociação realizada na rebelião com reféns, ocorrida na Penitenciária Sul, em Criciúma, no dia 14 de maio.

"Trata-se de justa homenagem e reconhecimento pelos esforços e dedicação da referida instituição da Polícia Militar de Santa Catarina, o Bope, com sede na Grande Florianópolis, e seus valorosos membros, que nessa ação exemplar, salvaram a vida de policiais penais mantidos reféns e demais vidas que poderiam estar em risco na ocasião”, destacou.