Em Sessão Extraordinária, por meio de deliberação remota, os vereadores de Criciúma aprovaram, por unanimidade, nesta sexta-feira o projeto de autoria do Município, PE nº 40/2020, que autoriza o Executivo a celebrar Acordo de Cooperação Técnica com a Polícia Civil e com o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Amrec (CIM-AMREC), para a implantação do Serviço Aeromédico (Sarasul) no Município de Criciúma.

O acordo tem por objeto, a cooperação entre as partes, para complementar o Serviço Aeropolicial (SAER), prestado na Mesorregião Sul Catarinense, com o Serviço Aeromédico, como forma de viabilizar o atendimento pré-hospitalar em ocorrências de maior gravidade, e em ações relacionadas ao resgate em atendimento pré-hospitalar e transferências inter-hospitalares.

A viabilidade de socorro em atendimentos primários de saúde para mais de um milhão de pessoas nas regiões da Amrec, Amesc e Amurel vem sendo pauta recorrente no Legislativo.

“Estamos chegando às etapas finais de ter o serviço aeromédico. Esse acordo, que é autorizado pelo projeto, juntamente com outros documentos dos municípios da Amrec, será enviado ao Governo do Estado e Polícia Civil para firmar o convênio. Depois disso, ele retorna para a Amrec que fará a licitação para, finalmente, termos esse serviço“, afirmou o presidente da Casa, vereador Tita Belloli.

Abrangência

Depois de implantado, o aeromédico vai atender ocorrências registradas dos municípios de Passo de Torres a Imbituba.

O Serviço Aeropolicial da Polícia Civil chegou ao Sul Catarinense em novembro de 2016 para atuar em questões plenas de segurança e situações emergenciais de saúde.

Agora, o objetivo da proposta é que a aeronave contribua de forma mais direta em questões de atendimentos primários.

Simulação chegou a ser realizada na Avenida Centenário para ressaltar a importância do serviço que salva vidas / Fotos: Divulgação

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul