Cadela do CBMSC encontrou corpo de jovem desaparecido em Gaspar em cerca de 10 minutos de buscas

Foto: Reprodução Redes Sociais/CBMSC/Divulgação

Por: Claudio Costa

25/10/2023 - 07:10 - Atualizada em: 25/10/2023 - 07:30

Nesta terça-feira (24), o binômio formado pelo sargento Marcos Vieira e a cadela Luna, foi chamado pela primeira vez para buscas após a certificação, que ocorreu no início de outubro.

A dupla do batalhão de Rio do Sul foi enviada para prestar apoio às equipes de Gaspar e Blumenau na busca por um jovem, de 18 anos.

Matheus Fritsche estava desaparecido desde sexta-feira (20).

A vítima havia sido avistada pela última vez nas câmeras de segurança de uma residência na rua Bolívia.

Segundo o CBMSC, ele se seguiu para trilhas em uma área de mata, utilizadas por montanhistas e atletas de ciclismo.

Os bombeiros militares de Gaspar já estavam atuando no local desde o início da manhã, quando o binômio chegou ao posto de comando para se juntar aos trabalhos.

Após a interação e definida a área de atuação pelo comando da operação, o sargento Vieira e a cadela Luna seguiram acompanhados de um guia local e um bombeiro comunitário, com início das buscas às 12h.

Já no deslocamento o animal apresentou sinais crescentes de interesse pelos ambientes que margeavam a trilha.

Com isto, o sargento Vieira conduziu para que ela explorasse as laterais da trilha, iniciando a varredura da área, ainda inexplorada por cães de busca.

Pouco mais de 10 minutos de busca, há 250 metros do início da trilha, com uma varredura de aproximadamente 15.000 m² de área, a cadela apresentou alteração de comportamento 20 metros à esquerda da trilha e se dirigiu para a mata.

Em seguida, emitiu o alerta treinado por meio de latidos por ter localizado a vítima, cerca de 30 metros mata adentro.

Informado ao posto de comando, foi realizado o acionamento das polícias Civil e Científica para os procedimentos.

Infelizmente a vítima foi encontrada em óbito.