Cabeleireiro que morreu após agressão pode ter sido confundido com estuprador

Foto: Reprodução Redes Sociais

Por: Claudio Costa

28/09/2023 - 06:09 - Atualizada em: 28/09/2023 - 06:43

Um homem foi assassinado após uma sessão de espancamento em Teresina, no Piauí.

Segundo a apuração da TV Cidade Verde, o cabeleireiro Rivaldo de Sousa Barreto, de 38 anos, pode ter sido confundido com um estuprador.

Relvado foi agredido na noite de sábado (23) e encontrado ferido em uma grota na Vila da Paz.

Momentos antes de ser espancado, ele teria sido visto sem uma das peças de roupa e teriam especulado que o mesmo teria cometido um estupro.

Na sequência, a vítima foi agredida e morreu horas depois no Hospital de Urgência de Teresina.

A versão que aponta que o cabeleireiro foi visto sem uma das peças de roupa vai de encontro com a situação em que ele foi encontrado após ser espancado.

Além da agressão que resultou em morte, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa investiga se houve negligência do Samu durante atendimento ao paciente.

Vídeos que viralizaram nas redes sociais mostram a vítima quase desacordada, tentando subir na maca, enquanto os profissionais de saúde não teriam prestado o serviço adequado.

*Com informações da TV Cidade Verde.

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.