O Corpo de Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul completa 55 anos em 2021.

As cinco décadas e meia de dedicação à proteção da vida e do patrimônio dos jaraguaenses serão comemorados neste domingo (22).

 

 

O comandante da corporação, Neilor Vincenzi, explica que esse ano, por causa da pandemia, não vai haver uma comemoração com pessoas que contribuem diretamente ou indiretamente com a corporação. Porém, a data não vai passar em branco.

Por volta das 10h, os bombeiros voluntários vão realizar uma cerimônia respeitando todos os protocolos sanitários para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Eles vão acionar a sirene da torre central da sede localizada na rua Presidente Epitácio Pessoa, no Centro.

“Vai ser uma cerimônia simples e com a participação dos bombeiros que estarão de plantão no dia. Por volta das 10h30, nós vamos fazer o acionamento da sirene para comemorar os 55 anos do Corpo de Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul”, explica Vincenzi.

A torre da corporação foi inaugurada junto com a sede, em 26 de outubro de 1968.

Essa torre era utilizada na secagem das mangueiras que eram utilizadas no combate ao incêndio. Ela também abrigava a comunicação na época, a sirene.

“Como não tínhamos bombeiros fixos, as ligações eram feitas para o telefone da Celesc. Quando havia um incêndio, um funcionário da Celesc vinha até a corporação e tocava a sirene. Os bombeiros vinham até a sede, se equipavam, pegavam as viaturas e saíam para atender a ocorrência”, destaca.

Com avanço da comunicação e as escalas de bombeiros na sede, a sirene deixou de ser utilizada.

Porém, ela ainda é acionada em festividades, como o aniversário da corporação, em algumas situações de treinamento e em situações de catástrofes, onde há a necessidade de um contingente maior.

“Se houver alguma situação em que ocorra uma catástrofe e o corte na comunicação, a sirene pode ser acionada. Os bombeiros que estão aqui no Centro e em bairros próximos vão conseguir ouvir e poder se deslocar pra cá. Ela está funcionando e todos os bombeiros sabem que, se a sirene tocar, está acontecendo uma ocorrência de grande vulto e precisamos da ajuda deles”, frisa o comandante.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança