O Corpo de Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul começou a vacinação do efetivo contra o novo coronavírus na tarde desta quinta-feira (4).

Dois bombeiros foram os primeiros a receber imunizantes da Oxford/Astrazeneca na Central de Vacinas, localizada na rua Reinoldo Rau, no Centro.

De acordo com o comandante da corporação, Neilor Vincenzi, a imunização começa com os 29 bombeiros efetivos socorristas, que se revezam todos os dias na escala 12 por 36.

 

 

Depois, as vacinas serão aplicadas nos 108 voluntários, conforme as doses forem disponibilizadas pelo poder público.

Neilor destaca que os bombeiros voluntários estão na linha de frente do combate à pandemia.

Os profissionais atuam nos resgates em acidentes e também no atendimento de pessoas em emergências médicas, inclusive com suspeita ou confirmação da Covid-19.

“Com a imunização, os bombeiros voluntários vão poder trabalhar com um pouco menos de preocupação e mais tranquilidade. A vacina é importante e soma a todos os outros esforços para evitar o contágio pela doença”, explica.

O comandante afirma que, desde o início da pandemia, os profissionais criaram protocolos baseados em estudos científicos, como a higienização das mãos com álcool em gel e o uso da máscara.

“Alguns protocolos nós desenvolvemos através de indicações dos próprios bombeiros. Alguns procedimentos internos foram mudados e nós tivemos um número baixo de contaminados, principalmente na primeira onda. Na segunda e terceira ondas, tivemos um número maior, mas dentro da normalidade comparado com outros locais”, frisa.