Atendendo a um pedido feito pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), autorizou o envio de veículos e bombeiros militares catarinenses para ajudarem no combate às queimadas que atingem a região da Amazônia.

Três caminhonetes, um caminhão e 12 bombeiros militares já estão de prontidão e aguardam apenas as orientações por parte da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). “Nós entendemos que essa ação do governo federal, feita com apoio de várias unidades da Federação, vai trazer um resultado muito mais rápido”, afirma Moisés.

Segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Charles Alexandre Vieira, o envio de efetivo e veículos não traz prejuízo ao trabalho realizado pela corporação em Santa Catarina.

“Nós temos um modelo de forças-tarefa, com pessoal treinado para atuar especificamente em ações extraordinárias como essa, por isso o deslocamento não influencia no dia a dia do Corpo de Bombeiros. A população catarinense pode ficar tranquila que continuará bem atendida”, ressalta.

Quer receber as notícias no WhatsApp?