Uma equipe dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas, corporação localizada na cidade de Almada, em Portugal, esteve em Jaraguá do Sul para realizar uma palestra sobre atendimento a incêndio em mata e gerenciamento de ocorrências de grande impacto. A troca de experiências foi possível graças a um tratado de parceria firmado pelos bombeiros de Santa Catarina com os de Cacilhas, que inclusive já receberam voluntários do Brasil em terras portuguesas. Bombeiros de diversas localidades do estado participaram e concluíram o treinamento, que aconteceu na última segunda-feira (24). De acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários de Guaramirim, Maicon Ewald, que já esteve em Portugal para estágio, a oportunidade é única. “Sabemos da capacidade dos bombeiros portugueses, eles são referência em combates de grandes incêndios em mata. Ter nossos amigos aqui trocando conhecimentos foi sensacional”, afirmou. O comandante dos Bombeiros de Cacilhas, Miguel Silva, foi um dos palestrantes. Ele é formado na área de atendimentos de ocorrências de grande vulto e incêndio. “Em Portugal já morreram muitos bombeiros nessas situações de mata e a cada ano fomos evoluindo para evitar coisas do tipo. Hoje, estudamos todas as árvores e pelo tipo estimamos quanto tempo leva para o fogo se propagar”, explicou.
Comandante dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas, os 10° melhores do mundo em resgate veicular.
Miguel Silva, comandante dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas. Equipe é a décima melhor do mundo em resgate veicular
Já o presidente da corporação da cidade portuguesa, Clemente Mitra, é um fã do Brasil e por diversas vezes esteve realizando visitas ao país. “Ficamos muito felizes em poder trocar conhecimento com nossos irmãos brasileiros. O serviço de bombeiro voluntário de Santa Catarina é semelhante ao de Portugal, então somos todos irmãos”, afirmou Mitra. A comitiva formada por oito pessoas continuou viagem pelo Brasil durante ontem, e hoje embarca de volta para Portugal. Décima melhor  do mundo Não só para realizar o treinamento em Jaraguá do Sul os portugueses vieram até o Brasil. A comitiva também participou em Curitiba do World Rescue Challenge, uma competição mundial de resgate veicular onde ficaram em décimo lugar, alcançado o Top 10 de Melhores do Mundo.