Bombeiro de folga salva jovem que se afogava em Itapema

Foto: Corpo de Bombeiros Militar/Divulgação

Por: Pedro Leal

05/12/2022 - 10:12 - Atualizada em: 05/12/2022 - 10:22

Um homem de 25 anos se afogou na Praia Grossa, em Itapema, Litoral Norte catarinense, neste domingo (4). Ele precisou ser socorrido pelos bombeiros após ter uma parada cardiorrespiratória enquanto se afogava.

Após uma hora de manobras, ele foi estabilizado e levado ao hospital com vida.

As informações são do ND+.

Um bombeiro comunitário que estava passeando na praia fez o primeiro resgate.

A vítima estava acompanhada do irmão de 16 anos, que também foi resgatado em grau 1 de afogamento. O adolescente foi estabilizado e liberado no local.

O BOA (Batalhão de Operações Aéreas) e o Samu, além dos bombeiros militares, foram atender a ocorrência.

Estabilizada, a vítima foi encaminhada ao Hospital Municipal e Maternidade Ruth Cardoso.

O corpo de bombeiros listou uma série de recomendações para lidar com afogamentos e com as chamadas correntes de retorno – responsáveis por mais de 90% dos afogamentos em água salgada.

As correntes são um refluxo de água que retorna da costa para o mar, formando um corredor com uma correnteza que pode carregar uma pessoa para longe da praia em poucos segundos.

Em praias vigiadas por guarda-vidas, as correntes de retorno são identificadas por duas bandeiras vermelhas na faixa de areia.

O banho de mar entre as duas bandeiras é desaconselhado.

Recomendações:

  • Ao encontrar uma corrente de retorno, caso você saiba nadar, nade para o lado e após sair da corrente, você poderá voltar a nadar em direção à praia. Não tente nadar contra a corrente; esse é um erro comum, que pode levar à extrema fadiga rapidamente.
  • Caso você não saiba nadar, não se desespere. Primeiro, tente fazer sinal para que os guarda-vidas e/ou banhistas saibam da situação. Segundo, mantenha a calma e tente boiar na água até chegar a ajuda; a corrente de retorno tem um fim e não vai te levar para o meio do oceano.
  • Não tente salvar pessoas vítimas de afogamento sem estar habilitado. Neste caso, lance algum objeto que a ajude a vítima a flutuar e acione guarda-vidas ou a emergência pelo telefone 193;
  • Crianças exigem cuidado redobrado. Não as perca de vista;
  • Se você estiver com criança, ou pessoas com alguma vulnerabilidade, temos disponível gratuitamente nos nossos postos de Guarda-Vidas as pulseirinhas de identificação;
  • Se você ingeriu bebida alcoólica ou fez uma refeição recentemente, NÃO entre na água, aproveite a faixa de areia;
  • Não ande nos costões, você pode escorregar e cair no mar;
  • Se você foi queimado por água-viva procure os postos de guarda-vidas;
  • Respeite os guarda-vidas, eles estão atuando voluntariamente para te ajudar com orientações de prevenção e podem salvar a sua vida em casos de emergência;
  • Ficou alguma dúvida? Quer mais orientação? Pergunte aos guarda-vidas, eles podem te ajudar.