O soldado da Polícia Militar de Criciúma, Jeferson Luiz Esmeraldino, de 32 anos, internado há mais de dois meses, recebeu alta hospitalar na tarde desta sexta-feira.

O militar foi alvejado por um tiro de fuzil na região do abdômen, disparado por criminosos que sitiaram a cidade em 30 de novembro, para roubar a tesouraria regional do Banco do Brasil. A ação perdurou a madrugada.

Segundo o comandante da 6ª Região de PM, coronel Evandro de Andrade Fraga, o policial seguirá o tratamento médico, em sua residência, sob os cuidados de uma equipe médica especializada em atendimento domiciliar, e acompanhado de seus familiares.

"Seguiremos em vigília e orações", acrescentou Fraga.

Relembre os desdobramentos AQUI