O Governo do Estado recebeu sete novas ambulâncias para atuar exclusivamente no transporte inter-hospitalar e desafogar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os veículos foram doados pela empresa JBS.

Uma das ambulâncias já está lotada em Blumenau desde esta segunda-feira (3). As outras ficarão nos municípios de Joinville, Itajaí, Florianópolis, Criciúma, Joaçaba e Chapecó.

Durante a pandemia, de acordo com o superintendente de Urgência e Emergência, Saule Pastre Júnior, percebeu-se um aumento da demanda por transporte de pacientes de um hospital a outro, serviço que acaba, muitas vezes, sendo realizado pelo Samu. “Nossa pretensão é criar uma coordenação estadual para gerenciar esse tipo de transporte e desafogar as nossas regulações, o 192, dessas chamadas”, pontuou.

Para o motorista socorrista Carlos Diego, os novos veículos serão essenciais para deixar com que o Samu faça o que é sua demanda principal: o atendimento primário.

 

“Imagina você pegar um paciente e levar até uma UTI vaga em outra cidade. Aí, a regulação usa a Unidade Avançada. Haverá um deslocamento longo. Se formos, por exemplo, até Nova Trento e voltar, digamos que demoraremos umas três horas. Depois que chegarmos na base ainda tem todo o período de desinfecção. Contarmos com veículos apenas para transporte aliviará muito, neste sentido, e pode igualmente ser imprescindível para que atendimentos tenham uma ação nossa mais efetiva e rápida”, disse.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul