Foto: 12º BPM/Divulgação
Foto: 12º BPM/Divulgação

Um homem agrediu a mulher e um bebê de apenas 15 dias no fim da noite desta segunda-feira (25), em Camboriú. A Polícia Militar foi chamada para atender o caso de violência doméstica às 23h40. De acordo com a PM, a ocorrência foi registrada na rua Jaraguá, no bairro Rio Pequeno.

Ao chegar no local, os policiais militares se depararam com o agressor, que informou que discutiu com a companheira e que os dois brigaram. Diante da quantidade de ligações e da situação observada, os PMs decidiram entrar na residência e verificar a situação.

A mulher estava no piso superior, trancada no banheiro do quarto do casal. O sargento que atendeu a ocorrência se identificou e tranquilizou a vítima. Depois, ele pediu que abrisse a porta. Desesperada, ela saiu do com o menino no colo e ambos tinham lesões aparentes.

A vítima relatou aos policiais que o marido chegou em casa alterado e agressivo. Como ficou com medo do comportamento, ela foi para o quarto e trancou a porta. O homem começou a quebrar os móveis e vidros da casa. Após alguns minutos, subiu e arrombou a porta do quarto.

Ele começou a bater na cama com um pedaço do acabamento da porta. Ao ver que a criança foi atingida na cabeça pelos golpes, ela pulou na cama, mesmo debilitada por causa da recente cesariana. A mãe foi lesionada no rosto e nos braços. Já o bebê foi lesionado na cabeça e no peito.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu a criança. O menino e a mãe foram levados para o Hospital Ruth Cardoso. O Conselho Tutelar acompanha o caso. O pai foi levado para a Delegacia de Polícia Civil.

De acordo com o hospital, o menino está internado em estado estável em um quarto. Ele é acompanhado por um pediatra e um neurologista. A mãe também está internada na unidade.

Quer receber as notícias no WhatsApp?