Uma agência do Banco do Brasil foi arrombada na madrugada desta terça-feira (24), Jaguaruna. Um cerco foi montado no Centro desde as 2 horas. A suspeita era de que ainda havia criminosos dentro da agência. Momentos antes houve troca de tiros. Policiais militares do Grupo Comando de Operações de Busca Resgate e Assalto (COBRA) do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) entraram no banco por volta das 7h. O comandante do 5° Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Silvio Lisboa, recebeu informações de que, depois da entrada dos policiais, não havia ninguém dentro do prédio. Porém, foram encontradas uma arma e uma mochila com bastante dinheiro. “Pelas informações, é uma quadrilha muito especializada e levaram todo o sistema de câmera, desligaram o alarme e pelo menos cinco pessoas efetuaram o arrombamento”, relata Lisboa. A Polícia Militar acredita que o roubo foi frustrado. “Acreditamos que eles não levaram o dinheiro. Encontramos a mochila com os valores e um caixa arrombado. Eles fugiram pelos fundos da agência em uma região de mata. As buscas pelos criminosos continuam”, destacou o major Chierighini. A rua da agência ficou interditada pelos policiais desde a madrugada. A operação contou com o apoio do helicóptero do Serviço Aeropolicial (SAER) da Polícia Civil e policiais civis da região. Com informações do portal Sul in Foco.