O sentenciado, de 31 anos, teve sua pena definida em 13 anos, 9 meses e 26 dias de reclusão, em regime inicial fechado, além do pagamento de multa.

Os fatos foram registrados em janeiro do ano passado e investigados pela Divisão de Repressão a Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC-PCSC), coordenada pelo delegado Yuri Miqueluzzi.

O roubo ocorreu no bairro Poço Um, em Criciúma. Durante a madrugada, uma dupla de homens armados invadiu a residência habitada por uma mulher grávida de oito meses e uma criança de seis anos.

Os criminosos renderam e amarraram as vítimas. Mediante ameaças, subtraíram diversos objetos e o veículo da família. O carro foi localizado dois dias depois pela Polícia Militar. O sentenciado foi autuado em flagrante neste dia por tráfico de drogas.

"As investigações foram bem sucedidas em apontar indícios de autoria. Houve representação pela Polícia Civil para prisão preventiva. O sentenciado seguiu preso na preventiva durante a instrução processual e permanece recluso para cumprimento da pena. Possui histórico de envolvimento em outros delitos graves. A sentença foi proferida pela magistrada da 2ª Vara Criminal de Criciúma, com atuação da 2ª Promotoria de Justiça na acusação", explicou o delegado.