Um advogado de 53 anos levou dois tiros - um no abdômen, outro na perna - em decorrência de uma discussão de família. O caso aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (15) em Chapecó, no Oeste catarinense.

Depois de ser alvejada, a vítima, Jorge Ivonei de Barros, de 53 anos, ainda teve forças para dirigir até o Hospital Regional do Oeste (HRO). O advogado deixou sua Hilux em um estacionamento que ficava nas proximidades e deu entrada no centro cirúrgico.

 

 

O suspeito da tentativa de homicídio é um homem de 33 anos, que seria sobrinho da vítima. Ele fugiu após efetuar os disparos e ainda não foi localizado.

A motivação do crime estaria relacionada a uma divisão de terrenos, fruto de uma herança, já que o advogado representa judicialmente a família. O caso, no entanto, ainda está sendo investigado pela Polícia Civil

 

Com informações da ND Mais.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger