O prefeito eleito de Piên, na região metropolitana de Curitiba, foi alvo de um atentado na manhã desta quarta-feira (14). Ele viajava em um carro da Prefeitura da cidade paranaense rumo a Santa Catarina, na PR-420. De acordo com informações do jornal A Gazeta, um motociclista se aproximou do veículo e efetuou três tiros. Loir Dreveck, 52 anos, foi atingido na cabeça. A Polícia Civil investiga o caso. O veículo era dirigido por um funcionário da Prefeitura. Após o crime, ele seguiu no sentido de São Bento do Sul. Ele cruzou com uma viatura da Polícia Militar, que abriu caminho no trânsito para o carro. Além do funcionário e do político, estavam no carro a mulher de Dreveck, as filhas e a enteada. O prefeito eleito foi levado para o Hospital e Maternidade Sagrada Família, onde foi internado. Segundo boletim médico divulgado pela unidade, Dreveck deu entrada na emergência por volta das 9h25. “Foram realizados os procedimentos de estabilização hemodinâmica, introdução de tubo orotraquial e ventilação mecânica, além de tomografia de crânio. Seu estado de saúde é grave”, explica o documento. Dreveck foi transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital São José, em Jaraguá do Sul. De acordo com o hospital, ele foi trazido pela USA (Unidade de Suporte Avançado) do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até a unidade, onde recebe tratamento. Na unidade, ele recebe atendimento especializado em neurocirurgia.