A DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Jaraguá do Sul investiga uma série de furtos contra estabelecimentos comerciais ocorrida na cidade.

Pelo menos quatro crimes foram cometidos pelo bando que teve quatro integrantes detidos na madrugada do dia 8 de julho.

De acordo com a Polícia Militar, quatro pessoas participaram da ação na rua Reinoldo Rau, no Centro.

O grupo quebrou a porta de vidro da Le'Bru e levaram perfumes de grifes de luxo.

Após uma resposta rápida, a PM conseguiu interceptar o bando na BR-280, em Guaramirim, e recuperar os produtos furtados.

O delegado titular da DIC, Daniel Dias, explica que apenas um dos integrantes, de 18 anos, continua preso.

Os outros envolvidos, dois adolescentes e uma mulher grávida, foram liberados após o flagrante.

Dias afirma que o homem que está preso confessou que participou de um furto nas lojas Americanas, cerca de uma semana antes.

Outros dois furtos, um deles na loja perfumes, em julho, e outro contra a Be Apple, em maio, também são investigados.

"Nós estamos investigando o envolvimento do crime organizado nesses furtos no Centro. Esse bando veio da Região Metropolitana de Curitiba para cometer esses crimes. Parece que não são as mesmas pessoas, mas há um vínculo entre elas. Elas se conheciam e parece que alguém indicava. Por isso, ocorreram esses furtos em um pequeno espaço de tempo", frisa Dias.

No flagrante, o ladrão que ainda está preso ficou em silêncio. Porém, em uma entrevista posterior, ele cofessou que também participou de um furto contra as lojas Americanas.

Dias destaca que o modus operandi da quadrilha dificulta a prisão em flagrante.

"Essa quadriliha sempre comete esses crimes durante a madrugada e de forma muito rápida. Eles preparam o veículo furtado em Curitiba com um reforço na parte da frente. Os bandidos usam o automóvel como ferramenta para cometer o crime. Os dois veículos abandonados após os furtos possuem esse reforço na suspensão", comenta.

O autor dos dois assaltos deve ser indiciado por furto qualificado pelo concurso de pessoas e pelo arrombamento.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito , ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança