Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, estudante de medicina, é suspeito de ter feito um ritual e, em seguida, matado os pais em Vila Velha, na região metropolitana de Vitória, Espírito Santo. Ele se matou em seguida.

Os corpos dele, do pai, médico urologista e pastor evangélico Paulo Oliveira Cesar, de 68 anos, e da mãe, Raquel Hering Cesar, de 61 anos, foram encontrados na residência da família na madrugada desta quarta-feira (4).

 

 

Foto: Reprodução

 

Relatos publicados pelo jornal local “Tribuna de Vitória” informam que o jovem ligou para um parente pouco depois de ter cometido os assassinatos.

Na conversa, ele teria afirmado que havia “feito uma bobagem”. Em seguida, Guilherme tirou a própria vida.

Policiais periciaram o apartamento por mais de 2 horas. No imóvel, foram encontradas uma série de mensagens escritas em páginas de uma Bíblia, em paredes e portas, todas em vermelho.

No livro Apocalipse, havia a frase: “ele me obrigou”. Em paredes, foram marcados o número “666” e frases que insinuam o ritual.

“Festejai ó céus, o diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resto”, diz uma delas, próximo a um crucifixo, em uma das paredes da residência.

Foto: Reprodução

A Polícia Militar confirmou que as imagens foram feitas dentro do apartamento.

O Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa da Polícia Civil investiga o caso.

Em nota, a Polícia Civil informou que "o caso foi registrado como duplo homicídio com uso de arma branca” e confirmou que “o suspeito do duplo homicídio, filho do casal, cometeu suicídio logo após o crime”.

“A arma utilizada no crime foi apreendida e será encaminhada à perícia”, conclui o texto.

Os corpos foram encaminhados ao Departamento Médico Legal de Vitória e serão liberados para a família.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança