Duas das sete placas instaladas pelo Corpo de Bombeiros, para prevenir afogamentos em rios e ribeirões de Blumenau, foram arrancadas neste início de ano. O ato de vandalismo ocorreu nas regiões da Prainha, no Centro, e na Garganta do Diabo, no Salto do Norte.

De acordo com o 3° Batalhão de Bombeiros Militar, a reposição das placas será realizada, contudo o processo deve demorar algumas semanas. “Como o processo de compra depende de um rito burocrático, talvez só consigamos fazer a reposição em fevereiro. Infelizmente, locais de risco de morte não estarão sinalizados por falta de responsabilidade da população, podendo haver novas ocorrências”, afirma o tenente-coronel Luciano Mombelli.

Em dezembro, as placas foram posicionadas em seis locais considerados estratégicos, devido à quantidade de banhistas no verão e ao número de afogamentos em anos anteriores. “Esses locais são realmente perigosos para o banho, por isso as informações contidas nas placas são tão importantes. Nos entristece bastante saber que danificaram esse bem público, pois nosso objetivo é alertar as pessoas para salvar vidas”, lamenta Mombelli.

Foto Divulgação/Prefeitura de Blumenau

Saiba onde estão posicionadas as placas

Rio Itajaí-Açu

  • rua Tupari, no final da rua;
  • rua Porto Rico, na Prainha;
  • rua Silvano Cândido da Silva, próximo ao Anel Viário Norte;
  • rua Elsbeth Federsen, próximo ao Motel Cisne, no local conhecido como Garganta do Diabo (duas placas).

Rio Testo

  • rua Helmund Trapp, próximo à Karsten.

Ribeirão Garcia

  • rua Santa Maria, outro local conhecido como Garganta do Diabo.

Quer receber as notícias no WhatsApp?