Na segunda-feira (20), uma tutora que cuida de animais abandonados no bairro Jarivatuba denunciou à polícia um caso de envenenamento. De acordo com o registro, mais de 30 animais teriam sido envenenados. Vários gatos e cães morreram e alguns estão internados.

Segundo a tutora, um suspeito teria utilizado carnes para envenenar os animais. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil e, de acordo com o delegado Larry Marcelo Rosa, o boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da região e, no mesmo dia, encaminhado à especializada.

“No mesmo dia, conseguimos ouvir o depoimento das testemunhas e da tutora e instauramos o procedimento investigativo”, explica.

Além de ouvir as testemunhas, a polícia recolheu os pedaços de carne que teriam sido utilizados para envenenar os animais. Esse material foi encaminhado ao IGP (Instituto Geral de Perícias) para análise. O prazo para a conclusão do exame é de 10 dias. Após a conclusão da perícia, o suspeito deverá ser ouvido.

O delegado diz ainda que a tutora deverá prestar novo depoimento para informar se outros animais morreram. “As investigações estão bem encaminhadas, precisamos aguardar o resultado para dar continuidade”, afirma.

De acordo com o delegado, caso a situação se confirme como envenenamento, o suspeito deve responder por maus-tratos agravado pela morte dos animais. A pena varia de acordo com a quantidade de animais mortos pelo envenenamento.

*Fonte: ND Mais