Paulo Roberto Coelho, de 30 anos, está sendo velado nesta sexta-feira (30) em Joinville. Ele era um dos agentes de escolta que foram baleados durante um assalto a ônibus no Paraná.

 

 

O local do velório é a residência em que vivia com a família, localizada no bairro João Costa. De lá, o corpo seguirá para o cemitério municipal - o sepultamento está marcado para as 16h.

Na última quarta-feira (28), criminosos prepararam uma emboscada para um ônibus que teria como destino a cidade de São Paulo. Os passageiros haviam saído de Pelotas-RS e estavam indo para a capital paulista realizar compras.

Paulo Roberto Coelho e outro segurança que escoltava o ônibus, também de Joinville, trocaram tiros com o bando. Costa foi ferido na cabeça e no abdômen e morreu antes de chegar ao Hospital Angelina Caron. O outro agente foi ferido na perna, mas passa bem.

Pelo menos oito bandidos participaram da ação, ocorrida em Campina Grande do Sul, no Paraná. Eles levaram dinheiro e pertence dos passageiros, que também sofreram agressões.

O segurança deixa um filho de oito anos e uma esposa, que está grávida de gêmeos. Um comboio de cerca de 30 carros acompanhou o traslado do seu corpo até Joinville. Ele também recebeu homenagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger