Um dia após ser preso por tentativa de homicídio, Hélio Juvêncio Custódio Jr passou a ter novos advogados. Hélio foi preso pela primeira vez, na noite de sábado (14), depois de agredir dois policiais deixando um deles inconsciente com um soco e chutes. No domingo pela manhã, o advogado Robson Ehlert acompanhou a audiência de custódia de Hélio, onde ele acabou sendo solto após o pagamento da fiança no valor de R$5 mil reais, e posteriormente sua condução para a delegacia depois de ter sido flagrado supostamente tentando fugir, no carro de um amigo, sendo novamente liberado.

O mandado de prisão, assinado pelo juiz criminal, foi expedido por volta das 17h30 de segunda-feira (16) e imediatamente foi cumprido sendo que logo no dia seguinte, os advogados jaraguaenses se reuniram com a família e resolveram em comum acordo repassar o caso para um escritório da cidade de Joinville. Em entrevista exclusiva ao OCP, o advogado disse que a decisão foi em comum acordo, de forma harmoniosa e respeitosa. "É uma decisão de foro íntimo! Por uma estratégia de defesa será mais interessante que uma banca de fora da cidade assuma o caso" relatou um dos profissionais que termina dizendo que "espera que a justiça seja feita, que sejam respeitados os direitos dos envolvidos no caso e que tudo se resolva da melhor maneira possível".

Quem responde agora pelo caso é o advogado criminalista Aldano José Vieira Neto da cidade de Joinville.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram

Facebook Messenger