Duas adolescentes, de 15 anos, foram salvas após pedirem socorro em um posto de combustíveis de Braço do Norte, na SC-370, por volta das 21h30min dessa quinta-feira. Elas estavam sendo estupradas e mantidas em cárcere por dois homens após terem pedido carona.

No local, as garotas informaram à Polícia Militar que são de Catuji, Minas Gerais, e, no domingo, pegaram carona para deslocar ao município próximo com uma carreta, modelo VW/24.250, do estado da Paraíba, que tinham como motorista e passageiro, P. C. L., de 29 anos, e J. S. S., de 33 anos.

Na viagem, elas adormeceram e acordaram em outro estado. As adolescentes pediram para descer do veículo, mas o motorista se negou a parar. Segundo elas, os homens a forçaram a ter relações sexuais, ameaçando com um cassetete de madeira. Durante o trajeto, eles fizeram uso de cocaína, oferecendo por diversas vezes às vítimas.

Quando reclamavam que estavam com fome, os criminosos diziam que só dariam comida se elas tivessem relações sexuais com eles. Nessa quinta-feira, os dois saíram para comer e deixaram as adolescentes sozinhas. Com isso, elas conseguiram sair do veículo e pedir ajuda no posto de combustíveis Leão do Trevo (apenas referência).

As adolescentes estavam aos prantos, pedindo ajuda, e relataram que estavam há dias sem comer. Diante dos fatos, o Conselho Tutelar foi acionado e compareceu ao local. Neste momento, os homens chegaram ao posto e foram abordados pelas guarnições, sendo necessário o uso de algema, devido ao nervosismo apresentado e o receio de fuga.

As meninas foram encaminhadas ao Hospital Santa Teresinha e os acusados para a Delegacia de Polícia Civil de Braço do Norte.