A adolescente de 13 anos que foi esfaqueada pela mãe, no dia 5 deste mês, na avenida Atlântica, em Balneário Camboriú, não resistiu e morreu nesta quinta-feira (12). Há uma semana, ela estava internada no Hospital Ruth Cardoso.

Segundo informações, mãe e filha são de Foz do Iguaçu (PR) e estavam em Balneário Camboriú há dois meses quando conheceram um ambulante de 32 anos. Elas teriam vivido com ele por um período, antes de se mudarem para Bombinhas.

No dia da tentativa de homicídio, a mãe teria descoberto que a garota estaria com o homem. A mulher foi ao encontro da filha e, após uma discussão, desferiu uma facada no peito da menina.

Faca que teria sido usada pela mulher | Foto: Polícia Civil/Divulgação

A mãe da vítima foi presa pela Guarda Municipal de Balneário Camboriú. Ela relatou que tentou esfaquear o homem, mas a filha entrou em sua frente para protegê-lo. Ao delegado, no entanto, afirmou que não tentou acertar nenhum dos dois, e que atingiu a filha por acidente.

A mulher teve a prisão em flagrante decretada por tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil. O vendedor ambulante que estava com a adolescente admitiu que vinha mantendo relações sexuais com ela, mas como não houve flagrante, ele não foi preso. Contudo, o homem é alvo de um inquérito por estupro de vulnerável.

A suspeita passou por audiência de custódia e o Judiciário concedeu liberdade provisória para ela.

Quer receber as notícias no WhatsApp?