Acusado de tentar matar um policial militar em Jaraguá do Sul, Hélio Juvêncio Custódio Júnior será julgado pelo Tribunal do Júri. A pronúncia foi feita pelo juíz da 1ª Vara Criminal de Jaraguá do Sul, Crystian Krautchychyn, nesta sexta-feira (7). Ainda não há previsão para o julgamento.

Na decisão, Krautchychyn também indeferiu o pedido de habeas corpus feito pela defesa de Hélio. O juiz cita a decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que também negou um pedido dos advogados. O réu permanece preso no Presídio Regional de Jaraguá do Sul.

De acordo com o Ministério Público de Santa Catarina, Helio foi denunciado pelos crimes de tentativa de homicídio triplamente qualificado, por recurso que dificultou a defesa da vítima, assegurar a impunidade dos crimes que estava cometendo e ter cometido o crime contra policial militar.

Além disso, ele está sendo acusado por desobediência, desacato, resistência e embriaguez ao volante. Os crimes foram praticados durante uma abordagem feita por uma guarnição da Polícia Militar na noite do dia 14 de setembro do ano passado, na rua Ferdinando Pradi, no Centro.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram