Um homem acusado de matar a guaramirense Andreia Ruon em Garopaba foi preso. O mandado de prisão expedido pela Justiça contra Reginaldo Anselmo Garcia, de 49 anos, foi cumprido pela Polícia Civil no terminal de ônibus do Carrão, em São Paulo, na tarde desta quarta-feira (1º).

De acordo com o G1, Reginaldo foi preso por agentes da Divisão de Investigação sobre Entorpecentes (Dise) de Santo André, no ABC Paulista. Após a prisão, ele foi levado pelos policiais civis para prestar depoimento na sede da Dise.

Andreia, de 44 anos, foi morta no dia 16 dezembro de 2018, no quarto de um hotel em Garopaba, no Litoral Sul de Santa Catarina. O corpo da vítima foi encontrado com um cadarço no pescoço e com sinais de violência física. Hóspedes sentiram algo estranho e ligaram para a polícia.

Foto: Reprodução Facebook/OCP News

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na época, o acusado foi visto por funcionários saindo do estabelecimento no fim da noite anterior. Reginaldo e a vítima tinham um relacionamento há dez anos.

O delegado Walter Figueiredo Loyola, que presidiu o inquérito do feminicídio, contou que a vítima e Reginaldo tinham diversos boletins de ocorrência de violência doméstica, lesão corporal e ameaça.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança