Foto: Arquivo OCP

Foto: Arquivo OCP

O homem de 49 anos acusado de estuprar a afilhada de 15 anos passou por audiência de custódia no Fórum de Jaraguá do Sul, nesta quarta-feira (11). A reportagem do jornal O Correio do Povo entrou em contato com o Judiciário para saber qual havia sido a decisão sobre o destino do investigado, mas não obteve informações porque o processo corre em segredo de Justiça.

O crime aconteceu nesta terça-feira (10), quando o padrinho passou a mão nas partes íntimas da adolescente enquanto ajudava a trocar o gás da residência localizada no bairro Ilha da Figueira. A Polícia Civil tomou o depoimento do suspeito de cometer o abuso e ele negou a acusação.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?