Acijs reforça pedido por maior atenção à região em encontro com o comando da PM

Foto: Caroline Stinghen

Por: Elisângela Pezzutti

19/07/2023 - 14:07 - Atualizada em: 19/07/2023 - 15:13

Durante encontro entre a diretoria da Acijs (Associação Empresarial de Jaraguá do Sul) e lideranças locais nesta terça-feira (18), com o comando geral da Polícia Militar de Santa Catarina, foi reforçado o pedido de atenção à necessidade de um maior efetivo policial para atender os municípios da região.

A presidente da Acijs e do Cejas (Centro Empresarial de Jaraguá do Sul), Ana Clara Franzner Chiodini, reconheceu o sucesso da parceria entre o setor produtivo, o poder público e a comunidade, que tem contribuído para manter indicadores positivos na segurança pública, colocando a cidade e a região entre as mais seguras do país.

Entretanto, a empresária enfatizou a importância de manter a qualidade dos índices e estabelece como meta constante o comprometimento da classe empresarial junto ao Governo do Estado. Um dos desafios é buscar o equilíbrio entre o crescimento populacional e o efetivo policial disponível nos municípios da região, que atualmente sofrem com a defasagem pela falta de formação de novos soldados para o policiamento ostensivo.

O vice-presidente de Segurança, Luiz Carlos Buzzarello, ressaltou o empenho das entidades representadas pelo Centro Empresarial, juntamente com a Prefeitura, Câmara de Vereadores, Poder Judiciário, Ministério Público e outras instituições, que fazem parte da Associação de Segurança Pública de Jaraguá do Sul e Região, incluindo o Conselho Penitenciário Regional. Eles atuam de forma pró-ativa, apoiando o trabalho dos órgãos de segurança, mas demonstram preocupação com a defasagem no efetivo.

Durante o encontro, foram apresentadas sugestões, como a criação de um contingente que atue em expediente estendido, e a organização de um curso específico para uma turma de candidatos a policiais que após formados permaneçam na região.

Lideranças como a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Vergimari Rodrigues Simões Pires, o presidente da Câmara de Vereadores, Luiz Fernando Almeida, o presidente da Associação de Segurança Pública, Leandro Schmöckel Gonçalves, o deputado estadual Antídio Lunelli e a secretária de educação Emanuela Wolff, que participaram do encontro, também reforçaram o pedido e destacaram que o aumento do efetivo policial é a principal demanda da região.

Foto: Caroline Stinghen

Durante o encontro, o coronel Aurélio José Pelozato da Rosa ressaltou o compromisso do governador Jorginho Mello em manter Santa Catarina em destaque com relação aos indicadores de segurança pública entre os estados brasileiros. Ele mencionou as dificuldades para a recuperação de contingentes em todo o estado, mas informou que uma nova formação em curso será concluída no próximo ano, com a inclusão de mais 500 soldados e novos cadetes que serão deslocados para os municípios.

O comandante da PM/SC também informou que as sugestões apresentadas serão analisadas no contexto das inovações que a Polícia Militar tem buscado para a área da segurança pública. Além disso, o Governo do Estado intensificará o processo de implantação de escolas cívico-militares, incluindo uma unidade em Jaraguá do Sul. O projeto tem o apoio do prefeito Jair Franzner, que anunciou a disponibilidade de uma escola no bairro Nereu Ramos para esse fim.

A visita do comando-geral da PM à região foi complementada com uma palestra de apresentação do Plano 360 para policiais e lideranças dos municípios da área de abrangência da 12ª Regional da PM, com ações estratégicas para o período de 2022 a 2032.