Acidente de trânsito resulta na prisão de condutor embriagado em Içara

Foto: Divulgação PM

Por: OCP News Criciúma

18/10/2023 - 14:10 - Atualizada em: 18/10/2023 - 14:51

Na terça-feira, dia 17, por volta das 13:00h, a Polícia Militar foi acionada para atender a um acidente de trânsito no bairro Raichaski, em Içara. Ao chegar ao local, os policiais se depararam com os veículos envolvidos ainda no local do acidente, aguardando a chegada das autoridades.

 

Um dos condutores, um homem de 58 anos, chamou a atenção dos policiais por estar visivelmente embriagado. Ele apresentava sintomas como fala arrastada, odor etílico e desequilíbrio, chegando ao ponto de cair sozinho no chão na frente dos policiais.

 

Enquanto isso, a outra condutora envolvida no acidente, uma mulher de 27 anos, relatou que o condutor saiu de sua pista de rolamento e invadiu a contramão, colidindo com o seu veículo que estava estacionado. A mulher não sofreu ferimentos.

 

Diante da situação e da suspeita de embriaguez ao volante, os policiais militares ofereceram ao homem o teste do etilômetro para comprovar seu estado de embriaguez. No entanto, ele se recusou a realizá-lo. Diante dessa negativa, foi confeccionado o Auto de Constatação de Sinais de Alteração da Capacidade Psicomotora (ACP), que serve como prova da embriaguez.

 

Durante a vistoria no veículo do homem embriagado, os policiais encontraram uma lata de cerveja vazia, reforçando ainda mais a suspeita de que ele estava dirigindo sob efeito de álcool.

 

Além disso, o vidro para-brisa do veículo estava quebrado e o condutor apresentava uma lesão na testa. Diante disso, os policiais solicitaram o atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para prestar os primeiros socorros ao homem ferido.

 

Após receber o atendimento médico no local, o homem embriagado foi preso em flagrante pelo crime de dirigir sob efeito de álcool.

 

Após a prisão em flagrante, o condutor foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para realização dos exames necessários e posteriormente à Central de Flagrantes de Criciúma, onde serão realizados os procedimentos cartorários e demais atos administrativos pertinentes ao caso.