Durante o primeiro mês da Operação Verão, uma pessoa morreu a cada 26 horas no litoral de Santa Catarina.

O estado registrou 29 mortes em rios, cachoeiras e praias até o dia 12 de janeiro. Os casos começaram a ser contabilizados em 12 de dezembro de 2019 e foram divulgados pelo Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina na manhã desta terça-feira (14).

A maioria das vítimas morreu após se afogar em locais de água doce, como rios e cachoeiras. Nesses locais, o período terminou com 18 vítimas. Já nas praias, 11 pessoas perderam a vida.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o desrespeito às orientações de segurança é um dos principais fatores que contribuem para as estatísticas.

No primeiro mês da operação Verão desta temporada, os socorristas já fizeram 1.316 salvamentos e resgates no estado e o helicóptero Arcanjo operou em 246 ocorrências.