Um acidente entre um carro e uma caminhonete tirou a vida de um homem de 42 anos na manhã de ontem, em Guaramirim. O corpo da vítima ficou desaparecido em meio à mata por quase oito horas até ser encontrado. Por volta das 5h40, os Bombeiros Voluntários foram acionados para se deslocar até a BR-280, onde houve uma colisão entre um Logan e uma caminhonete. Ao chegar no local, apenas uma das vítimas foi localizada, um homem de 46 anos, que apresentava ferimentos leves. Ele era condutor da caminhonete que, ao colidir contra o Logan, saiu da pista e caiu em uma vala. Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Guaramirim, Maicon Ewald, as equipes realizaram uma busca preliminar, mas ninguém foi localizado. “Uma de nossas socorristas recebeu a informação de uma testemunha, de que o motorista do Logan teria se evadido do local, mesmo assim foi realizada uma busca visual pelas redondezas, mas nada foi localizado e a equipe deslocou” relatou Ewald.
Foto: Redes Sociais
Foto: Redes Sociais
A PRF (Polícia Rodoviária Federal) realizou o laudo, os veículos foram guinchados e, até as 14 horas, a hipótese era que o condutor do Logan, Jonas Miranda Caetano, havia fugido. Um colega de trabalho de Jonas, o motorista Oscar Blasius, resolveu ir até o local procurar por pistas. “Vim até aqui e comecei a procurar, olhei nas galerias, nos morros, achei peças do carro e já estava indo embora, foi quando do nada observei no meio do mato a bolsa dele, comecei a procurar e desci a ribanceira, quando encontrei meu amigo todo quebrado e sem vida. Estou abalado” relatou Jonas.
Foto: Redes Sociais
Foto: Redes Sociais
Os bombeiros e o IGP (Instituto Geral de Perícias) voltaram ao local e resgataram o corpo do homem. Ele sofreu diversos ferimentos graves pelo corpo. A polícia vai investigar se o motorista voou pela janela e caiu no mato, a cerca de dez metros do local da colisão, ou se ele se arrastou e acabou morrendo. Os ferimentos na costela fazem crer que ele foi arremessado pela janela do carro, dizem os socorristas.