Com forte atuação e voltada contra a propagação do novo coronavírus no Estado, a "Operação COVID-19" foi marcada pela orientação da população e fiscalização das medidas restritivas e de isolamento social neste período.

Comandante da 6ª RPM, coronel Evandro de Andrade Fraga, ressalta que a ordem pública é uma construção coletiva / Fotos: Divulgação PM

Somente na 6ª Região de Polícia Militar, que abrange os 27 municípios da Região Carbonífera e do Vale do Araranguá, foram mais de 6,2 mil fiscalizações e orientações, representando mais de 14% de todas as fiscalizações em Santa Catarina.

“A fiscalização de ordem pública pelas guarnições de Radiopatrulha e guarnições COVID tem apresentado resultados positivos para o alcance dos propósitos almejados pelo Governo do Estado nas ações estipuladas nos decretos e nas portarias estabelecidas pela Secretaria de Estado da Saúde. A ordem pública é uma construção coletiva e todos são responsáveis pelos resultados”, destacou o comandante da 6ª RPM, coronel Evandro de Andrade Fraga.

A Polícia Militar de SC, desde 13 de abril, atua também como autoridade de saúde, podendo fiscalizar todos os serviços e atividades liberados a funcionar desde que sigam regramento especial.

Foram mais de 6,2 mil fiscalizações e orientações, representando mais de 14% de todas as fiscalizações em SC

A publicação da Portaria SES Nº 245 autoriza a PMSC, e demais forças de segurança do Estado, a realizarem este trabalho.