14º BPM abre as suas portas para os jaraguaenses em comemoração aos 25 anos de Proerd

Foto: 14º BPM/Divulgação

Por: Claudio Costa

16/03/2023 - 07:03 - Atualizada em: 16/03/2023 - 11:54

Pela primeira vez após a pandemia, o 14º BPM (Batalhão de Polícia Militar) vai abrir as portas para a comunidade.

O evento em comemoração aos 25 anos do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência) será realizado no próximo sábado (18), das 8h às 12h.

O comandante do 14º BPM, tenente-coronel João Carlos Benassi Borges Kuze, afirma que o convite é especial para as crianças por conta do aniversário do programa de maior sucesso da PM. Segundo o oficial, serão realizadas uma série de atividades recreativas e de prevenção.

“As crianças vão ter a oportunidade de fazer um passeio de viatura, vão poder acompanhar a apresentação do Canil e uma série de atividades lúdicas. O batalhão vai estar aberto nesse momento importante para a comunidade”, frisa. Antes da pandemia do novo coronavírus, a Polícia Militar vinha realizando atividades muito parecidas com a comunidade, como o Vem com a PM.

Foto: 14º BPM/Divulgação

Kuze destaca que os policiais militares nunca deixaram de estar perto da população, pois o trabalho das guarnições é próximo das pessoas. “Porém, não pudemos dar continuidade para esses eventos. O Vem com a PM era um momento do ano em que os cidadãos podiam conhecer as instalações do batalhão e todas as modalidades de policiamento. Neste ano, a gente pretende retomar essas atividades e esse evento do Proerd já tem a intenção de trazer as pessoas para o batalhão para que tenham essa interação cada vez maior”, ressalta.

Para o comandante, o Proerd é um importante elo entre a Polícia Militar com as crianças. Kuze lembra que as lições ensinadas pelos instrutores do programa de prevenção são levadas pelo resto da vida pelos cidadãos em formação.

Foto: 14º BPM/Divulgação

“Há muitos anos percebemos que precisávamos preparar as nossas crianças antes mesmo que elas tivessem contato ou entendimento do que seria um ato de violência, um crime ou uso de uma determinada substância que não faça bem para ela. O Proerd atua na ponta da prevenção prestando essas orientações. Ou seja, muitas dessas crianças no 5º ano não tiveram essas informações em suas casas e a recebem de um policial militar, um profissional de segurança que lida com isso diariamente e preparado para falar em uma linguagem adequada”, finaliza o comandante.

Foto: 14º BPM/Divulgação

 

 

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito , ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança

Notícias no celular

Whatsapp

Claudio Costa

Jornalista pós-graduado em investigação criminal e psicologia forense e pós-graduando em perícia criminal.