Quase um ano após a sua criação, a 12ª Região de Polícia Militar (12ª RPM) finalmente ganha uma sede em Jaraguá do Sul. Nesta segunda-feira (22), o comandante da regional da PM, coronel Amarildo de Assis Alves inaugurou as instalações implantadas no antigo prédio da Fazenda Estadual, na avenida Getúlio Vargas, no Centro.

&feature=youtu.be

O imóvel, localizado na área central vai ter uma vital importância para a segurança na cidade. Amarildo considera que a avenida Getúlio Vargas é um local privilegiado, à altura do serviço desempenhado pela 12ª RPM e da comunidade de Jaraguá do Sul. “Temos alguns pontos escuros nas proximidades, com prostituição, usuários de drogas. A nossa presença aqui vai fazer com que essas pessoas ou parem ou se mudem”, acredita.

Segundo o coronel Amarildo de Assis Alves, sede da 12ª RPM vai trazer mais representatividade para a região | Foto: Fábio Junkes/OCP News

De acordo com o coronel da PM, houve alguns contratempos desde o anúncio de que o prédio localizado na área central da cidade seria a sede da regional. Mas, com a inauguração, o ciclo de implantação da 12ª RPM chega ao fim. “É com muita satisfação que digo que a 12ª Região de Polícia Militar é uma realidade, tem endereço e atende a sua finalidade, que é fortalecer a segurança nos municípios atendidos nas regiões de Jaraguá do Sul e São Bento do Sul”, afirma.

O comandante da regional da PM explica que, a partir de agora, o foco do trabalho da sua equipe passa a ser o de implantação de novas estratégias de policiamento nas oito cidades atendidas pela regional. Ele destaca que novas operações estão em fase de planejamento. "Nós vamos desenvolver ações em diversos locais e horários. A ideia é intensificar cada vez mais a presença da Polícia Militar junto à comunidade e dar maior sensação de segurança para a população", destacou o coronel.

Mais integração e nova estratégia

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes, destaca que a criação de uma regional da PM representa uma nova estratégia de articulação entre vários municípios. Araújo comenta que regiões com índices criminalidade muito menores que o contexto nacional, como a de Jaraguá do Sul, precisam de atenção diferenciada e as estratégias precisam se adequar ao contexto desses lugares.

Coronel Araújo Gomes comenta que a criação da regional da PM abre novas possibilidades de articulação entre os municípios | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Gomes sublinha que a 12ª Região de Polícia Militar vai permitir que os municípios de Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder, Corupá, Massaranduba, São Bento do Sul, Campo Alegre e Rio Negrinho possam compartilhar recursos de inteligência e operacionais. “A nova região permite articular os diversos municípios que compõem a sua circunscrição, compor com mais rapidez e flexibilidade os meios que estão disponíveis, permite articular uma resposta rápida a incidentes graves”, pondera.

Amarildo lembra que a 12º RPM coloca em pé de igualdade os municípios atendidos pelo 14º e 23º Batalhões de Polícia Militar com os as outras regionais nos pedidos de efetivo e equipamentos. O coronel lembra que as duas unidades pertenciam à 5ª RPM, com sede em Joinville, e que ficavam à mercê das necessidades da maior cidade do Estado, com problemas de segurança muito maiores que os enfrentados nas cidades do Vale do Itapocu e do Planalto Norte.