Na avaliação da Justiça Eleitoral, a votação foi tranquila em Jaraguá do Sul. A formação de filas na parte da manhã foi o maior desafio para quem decidiu ir votar nas primeiras horas do dia. Já no meio e fim da tarde, a tranquilidade prevaleceu na maior parte das seções eleitorais do município.

O juiz responsável pela 87ª Zona Eleitoral de Jaraguá do Sul, Crystian Krautchychyn, afirmou à reportagem do OCP que as eleições transcorreram com tranquilidade. Ao fazer um balanço geral do primeiro turno neste domingo (2), ele conclui que o maior desafio foram as filas.

Nos Colégios Marista São Luís, Divina Providência Bom Jesus e Evangélico Jaraguá, as filas começaram a se formar antes mesmo das 8h, quando iniciou o horário de votação. O motivo da espera maior durante os horários de pico da votação, como no período da manhã, é justificada pela quantidade de candidatos que os eleitores precisavam escolher, cinco no total e portanto, houve um tempo maior na digitação e também pela questão de muitas pessoas irem mais cedo para votar.

“Infelizmente a gente já imaginava, esse é um problema antecipado em razão da biometria e da concentração de eleitores de manhã”, explicou o juiz.

Além disso, em Jaraguá do Sul, algumas seções tiveram o comparecimento de quase 100% dos eleitores cadastrados para aquele local.

Foto: Maria Luíza Venturelli / OCP News

“Algumas seções estavam com limite de pessoas para votar, que chegou perto de 400. Isso acabou atrasando um pouco a votação e foi essa a nossa dificuldade", destaca o juiz.