Em entrevista à Rede OCP News, o promotor Rafael Meira Luz, da vara da Infância e Juventude do Ministério Público de Jaraguá do Sul, falou sobre a tese que irá defender junto dos vereadores, nesta terça-feira (10).

Meira Luz deve pedir à Câmara de Vereadores uma moção de repúdio ao que ele denuncia como "ativismo judicial" no processo de descriminalização do aborto do país.

A ADPF (Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental) 442, ajuizada pelo partido, está prestes a ser julgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Acompanhe no vídeo!

&feature=youtu.be

Quer receber as notícias no WhatsApp?