Por Patricia Moraes Reportagem da edição desta terça-feira (9) do jornal Diário Catarinense mostrou que os gastos com diárias de servidores e deputados da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) alcançou uma conta de R$ 7,6 milhões em 2016, mais do que o Congresso Nacional (Câmara dos Deputados e Senado junto), que foi de R$ 5,1 milhões. Segundo a reportagem, o deputado de Jaraguá do Sul, Vicente Caropreso (PSDB), que hoje desempenha a função de secretário de Estado de Saúde, foi o recordista no uso do benefício em feriados e viagens de quinta-feira a domingo. Segundo o levantamento, Caropreso fez 18 viagens com recursos públicos em 2016, totalizando gastos de R$ 21.110. Em nota enviada à redação do OCP, o tucano argumentou que o seu gabinete foi um dos que menos utilizou diárias em 2016 e disse que a diária em feriado que aparece em novembro de 2016 é relativa a uma viagem oficial de trabalho à Itália, para assinatura do acordo de estabelecimento de parcerias entre as universidades catarinenses Udesc e Univali com a Università degli Studi "Mediterranea" para o intercâmbio de alunos e professores, ressaltando que naquele país o dia 15 de novembro não é feriado. “Ao contrário do que parece à primeira vista, ao invés de passear eu estava trabalhando no feriado, por mais qualidade no ensino universitário para os estudantes catarinenses, e fiz a minha parte ao conseguir a assinatura do convênio. Nestes tempos em que a política está tão desacreditada, é normal que as pessoas sejam levadas a sempre pensar o pior, mas estou com a consciência tranquila e tenho como comprovar todos os trabalhos realizados pelos nossos cidadãos, para tanto anexo a esta nota todos os comprovantes de diárias recebidas no ano de 2016”, diz a nota. A assessoria de imprensa da Alesc diz que não há um limite no número de diárias a que cada deputado ou servidor tem direito, desde que ele comprove por meio de notas fiscais e passagens que realmente pernoitou ou se deslocou seja pelo Estado, fora dele ou o exterior. Ainda segundo a assessoria, a diária para servidores no Estado é de R$ 420 com pernoite e a metade deste valor sem pernoite, para deputados é R$ 670 no Estado; R$ 770, fora do Estado e 380 euros para viagens internacionais. Leia mais: Assembleia Legislativa de Santa Catarina gasta mais do que o Congresso Nacional com diárias