O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Aleixo Lunelli (PMDB), aproveitou a vinda do vice-governador do Estado e seu correligionário, Eduardo Pinho Moreira, ao município para reforçar pedidos de liberação de recursos. Uma das solicitações foi para que o vice interfira para que sejam repassados R$ 1 milhão por meio do Fundo Social ao projeto de pavimentação de ruas irregulares.
A iniciativa já tem apoio do secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável, Carlos Chiodini, que acompanhou o prefeito quando da apresentação do pedido em Florianópolis, no primeiro trimestre deste ano e a reunião da tarde desta segunda-feira (14). “Este pedido já foi encaminhado ao governador (Raimundo) Colombo e tivemos a sinalização positiva dele. No entanto, reforçamos o pedido ao vice-governador”, explicou Lunelli, defendendo que a infraestrutura é uma das necessidades básicas para se fazer a regularização fundiária. “Não adianta regularizar os lotes se os moradores não possuem condições de chegar nos seus imóveis”, disse.
O projeto de pavimentação das ruas irregulares prevê a concretagem de trechos mais íngremes e as obras antecipam o processo de regularização fundiária desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social e Habitação. Outra solicitação foi para que o vice-governador peça agilidade na liberação de um financiamento de R$ 20 milhões junto ao Badesc.
Antes da visita ao prefeito, Pinho Moreira visitou o Hospital e Maternidade São José. Os secretários de Estado Carlos Chiodini (Desenvolvimento Econômico Sustentável) e Vicente Caropreso (Saúde), além do deputado federal Mauro Mariani, acompanharam o vice-governador.
*Com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jaraguá do Sul